Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gato Pardo

Para quem não conhecia, saiam enquanto é tempo...Para quem já conheceu, puxem duma cadeira...Vem aí a versão 2.0...

Karma is a bitch, f*cker...

Na minha vida, prefiro de longe a brutalidade da confrontação do que o sentimento morno do diz que não disse.

São escolhas. A confrontação permite desde logo saber exactamente o que a outra pessoa pensa de ti. Sem filtros. E é sem filtros que as verdades saem disparadas. A cobardia do diz que não disse é isso mesmo. Cobardia. É jogo de crianças.

Afirmo veementemente que o meu sentido de humor não é para todos. Mas daí até ter um diálogo perfeitamente banal com outra pessoa e vir a saber à posteriori que a mesma pessoa se sentiu de tal forma ofendida que sentiu necessidade de ir chorar no ombro de 300 pessoas diferentes parece-me algo descabido.

Nunca gostei de pessoas que necessitam da atenção e aceitação alheia para sobreviver. Se calhar é um defeito de carácter meu. Em bom português, não gosto de c*nas moles...

Isto faz-me lembrar algo que ocorreu uns anos atrás. Vamos transportar o contexto para um tabuleiro de xadrez para ser mais fácil a compreensão da situação. Num jogo que estava mais que perdido, alguém decidiu que era catita agarrar em todas as pessoas com laços comuns e encher-lhes a peida com um determinado tópico. As pessoas (peões, bispos de meia leca, torres de palmo e meio e cavalgaduras) aceitaram o que lhes foi dito de bom grado. Ou seja, é agradável colocar as outras pessoas a fazer o trabalho sujo enquanto alguém goza o prato.

Portanto, a minha posição mantém-se inalterada. Não alimento teatros de 5ª categoria, não piso palcos indignos da minha presença e não gasto latim com gente cagona. A palavra chave é confrontação. Vão à horta, plantem um par de tomates (Cherry não, que isso nem para amostra...) e depois venham ao meu encontro (isto se não se borrarem pelo caminho). Afinal de contas, quero saber qual foi tão grave ofensa que leva alguém a despedir-se tão cordialmente de mim. E também quero saber até onde os tomates do ser humano encolhem quando confrontados com os nomes de todas as pessoas a quem ele foi chorar o chorrilho de mentiras.

Ah,  e porque é o Dia Mundial da Música fica aqui esta...

 

Uma caixinha catita que permite pesquisar as entranhas dos últimos anos de posts. Muito útil, principalmente porque nem eu já me lembro de metade do que escrevi...

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Calendário

Outubro 2013

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031

Licença

Licença Creative Commons
Este obra para além de estar razoavelmente bem escrita (se assim não fosse, não havia tanta gente a plagiá-la), está também licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D